11 5042-5100
3.9

Madagascar - Parques Nacionais e Nosy Be - 19 dias / 17 noites

Madagascar 01

Atrativos: Antsirabe - Parque Nacional de Ranomafana - Reserva Nacional de Anja - Parque Nacional de Isalo - Parque Nacional de Zombitse - Parque Nacional da Montanha de Ambre - Diego Suárez - Parque Nacional do Maciço de Ankarana - Tsingy Vermelho de Irodo - Nosy Be

 

Saídas em 2018 (Data de Chegada em Antananarivo): 26/06, 03/07, 10/07, 17/07, 24/07, 31/07, 07/08, 14/08, 21/08, 28/08, 04/09, 11/09, 18/09, 25/09, 02/10, 09/10, 16/10, 23/09, 30/10, 06/11, 13/11, 20/11, 27/11, 04/12, 11/12, 18/12, 25/12.

 

Madagascar está localizada na costa leste da África, é a quarta maior ilha do mundo. A porta de entrada é Antananarivo, a capital do país. De lá é possível conhecer incríveis parques nacionais cuja fauna e flora não existem em nenhum outro lugar do mundo. Conheça ainda a ilha de Nosy Be e garanta um final incrível para sua viagem.

Inclui:

- 1 noite de hospedagem em Antananarivo com café da manhã

- 1 noite de hospedagem em Antsirabe com café da manhã

- 1 noite de hospedagem em Ranomafana com meia pensão

- 1 noite de hospedagem em Fianarantsoa ou Sahambavy com café da manhã

- 2 noites de hospedagem em Isalo com meia pensão

- 1 noite de hospedagem em Tulear com café da manhã

- 1 noite de hospedagem em Antananarivo com café da manhã

- 2 noites de hospedagem em Diego Suárez com café da manhã

- 1 noite de hospedagem em Jofreville com café da manhã

- 1 noite de hospedagem em Ankify ou Ankarana com meia pensão

- 3 noites de hospedagem em Nosy Be com café da manhã

- 1 noite de hospedagem em Antananarivo com café da manhã

- 1 noite de hospedagem em Johannesburg com café da manhã

- Circuito guiado em espanhol

- Traslado em lancha rápida privada entre Ankify e Nosy Be (sem guia)

- Passeio em veleiro tradicional no Mar Esmeralda

- Almoço incluído no Mar Esmeralda

- Traslados aeroporto/hotel/aeroporto conforme descritos no itinerário

- Guia falando espanhol, exceto no tempo de praia e durante o traslado Ifaty/Aeroporto e nos traslados Porto/Hotel/Aeroporto em Nosy Be

- Visitas e excursões mencionadas no itinerário

- Entradas a Parques Nacionais e Reservas

- Taxas turísticas e municipais

- Transporte de bagagem: máximo 1 mala por pessoa + 1 bolsa de mão

- Mapa de Madagascar e presente de boas vindas

- Assistência telefônica em Espanhol durante o circuito

- Transfers regulares (shuttle) em Johannesburg

- Seguro Viagem

- Assistência Embarque Aeroporto Guarulhos (cortesia, caso inclua a parte aérea no pacote)

 

Não Inclui:

- Passagens aéreas domésticas e internacionais (atenção aos voos internos necessários)

- Taxas aeroportuárias, pagas na emissão do bilhete

- Visto de Madagascar (obtido na chegada) e taxa de entrada

- Ceias de Natal e Ano Novo

- Passeios opcionais

- Refeições não mencionadas

- Bebidas

- Gorjetas

- Despesas de caráter pessoal

- Excesso de bagagem

- Serviços não descritos no programa

- Taxas e impostos (IRRF) para transações nacionais e internacionais.

Roteiro

Dias

1° Dia - São Paulo - Johannesburg (pernoite a bordo)

Apresentação no aeroporto indicado com pelo menos 3 horas de antecedência ao voo para embarque. Chegada prevista para o dia seguinte.

 

2° Dia - Johannesburg - Antananarivo

Chegada em Johannesburg e voo de conexão com destino a Antananarivo. Chegada, trâmites para retirada do visto, recepção e traslado ao hotel.

 

3° Dia - Antananarivo - Behenjy - Ambatolampy - Antsirabe (170km - 3 horas)

Café da manhã e saída através das Terras Altas malgaches para visitar a cidade de Ambatolampy, a famosa fabricação artesanal de panelas de alumínio. Antes passaremos pela cidade do foie-gras Behenjy, onde, se desejarmos, poderemos degustar essa iguaria (não incluído). Chegada a Antsirabe e almoço livre (não incluído). Tour em Pousse-Pousse (similares aos rickshaws da Índia) para percorrer o centro histórico dessa cidade de outro tempo. Visita a Atsena Kely (pequeno mercado), estação ferroviária, a Catedral..., assim como outros inúmeros edifícios da época colonial francesa.

ANTSIRABE

Agradável cidade colonial, situada a 170 km ao sul de Antananarivo, é, hoje em dia, segunda residência dos ricos malgaches Merina da capital. Cidade termal graças ao descobrimento de suas águas ricas em cloreto de sódio, a cidade foi fundada por missionários luteranos noruegueses ao final do século XIX.

 

4° Dia - Antsirabe - Ambositra - Ranomafana (220km - 4h30)

Café da manhã e saída até Ambositra, a capital do artesanato malgache, visita às lojas e ateliers de marchetaria. Almoço livre (não incluído). Continuação até o Parque Nacional de Ranomafana e alojamento no hotel.

AMBOSITRA

A 1350 metros de altitude este povoado malgache é reconhecido por seus artesãos Zafimaniry, mestres da escultura em madeira. Situada em plenas terras altas, Ambositra é berço da etnia Betsileo. Poderemos visitar diversos ateliers de marchetaria ou passear por suas ruas e nos misturar com seus vários personagens.

 

5° Dia - Parque Nacional Ranomafana - Fianarantsoa ou Sahambavy (60km - 2 horas)

Café da manhã e visita ao Parque Nacional de Ranomafana, onde realizaremos uma caminhada de mais ou menos 4 horas de duração (nível fácil com trechos médios - subidas tipo escadas, terreno muito úmido e irregular). Aconselhamos bons calçados, calças confortáveis e jaqueta impermeável. Após o almoço (não incluído), vista panorâmica da cachoeira sobre o rio Namorona e continuação até a cidade de Fianarantsoa ou de Sahambavy.

PARQUE NACIONAL DE RANOMAFANA

Na época colonial, os franceses descobriram uma fonte de águas termais escondida na selva e criaram um balneário. Em Maio de 1991 se inaugurou o Parque Nacional de Ranomafana, cujo nome significa "água quente". Esta reserva da biosfera é considerada como o enclave mais úmido da ilha. As lendas malgaches dizem que em Ranomafana chove 365 dias por ano. Sem dúvida é uma das mais famosas e espetaculares reservas naturais do país, (deve-se ter em conta que a maior parte do parque nacional está fechado aos visitantes e só têm acesso os cientistas que estudam sua biodiversidade) onde se pode observar com alguma dificuldade numerosas espécies de fauna e flora endémicas da ilha. Declarada Patrimônio Natural Mundial dos bosques chuvosos de Atsinanana em 2007 pela UNESCO, que compreende seis parques nacionais que se estendem ao largo da costa oriental deste país. Seus bosques são de essencial importância para a manutenção dos processos ecológicos que são imprescindíveis para a supervivência da biodiversidade excepcional de Madagascar. Ranomafana conta com mais de 12 espécies de lemures diferentes, além de centenas de variedades de orquídeas silvestres e mais de 115 espécies de aves que se repartem pelo interior desta selva, 90 espécies de mariposas, 98 de anfíbios, 62 de répteis. Ranomafana é natureza em estado puro. O parque se deve visitar a pé e em companhia de um guia local.

 

6° Dia - Fianarantsoa ou Sahambavy - Ambalavao - Anja - Isalo (310km - 6 horas)

Café da manhã e saída com destino a Ranohira. Visita da cidade velha de Fianarantsoa e vista panorâmica da Haute Ville. Continuação até o povoado de Ambalavao, onde visitaremos a fábrica de papel antemoro e a Reserva Natural de Anjà, de onde observaremos os famosos lêmures de cauda anelada (Lémur Catta Linnaeus) com facilidade, assim como camaleões e tumbas betsileo-Sur (01h30). Nível fácil com trechos de dificuldade média como é o caso da descida às grutas. Almoço livre (não incluído) e continuação até o Parque Nacional de Isalo. Nesta etapa finalizamos nosso percurso pelas terras altas e damos início à nossa descida através da savana malgache, paisagens desérticas e povoados que surgiram no meio do nada.

RESERVA DE ANJA

Situada a 15 km ao sul da cidade de Ambalavao e antes de chegar ao desvio do Parque Nacional do Andringitra, a Reserva de Anjà se estende aos pés do maciço de Iadramvaky e apresenta uma grande riqueza de flora e fauna destacando diversas espécies de orquídeas, ficus e Pachypodiums. Mais de 300 lemures de diversas famílias, todos eles da espécie Lémur Catta Linnaeus habitam este bosque tropical onde também é fácil observar camaleões e outros animais. O bosque está imerso em blocos de pedra granítica, as vezes gigantescas, que formam os mirantes naturais desde onde teremos uma perspectiva espetacular de toda a reserva.

 

7° Dia - Parque Nacional Isalo

Café da manhã e visita ao Parque Nacional del Isalo (nível fácil-médio).

Visita à piscina natural assim como a cachoeira das Ninfas, piscina azul e piscina negra no famoso Canyon de Namaza e do espetacular pôr-do-sol desde a Janela do Isalo. Regresso ao hotel.

PARQUE NACIONAL DEL ISALO

O deserto também existe na Ilha Continente. Ainda que seja um deserto diferente, uma paisagem caprichosa que evoca na mente do viajante antigas imagens das grandes extensões virgens do Colorado e do Arizona. O Parque Nacional do Isalo é um dos mais célebres do país, e conta com uma variedade de paisagens que o convertem em um enclave único.  O Parque Nacional do Isalo está situado na zona sul de Madagascar, junto à pequena cidade de Ranohira. O parque ocupa uma extensão de 81.540 hectares e deve ser visitado a pé. O parque foi criado em 1962 e foi o segundo parque nacional da ilha, depois da Montanha de Ambre. Toda sua extensão se pode considerar um verdadeiro santuário para as espécies de fauna e flora endêmicas da ilha. A diversidade biológica do Isalo, unido a sua espetacular paisagem, o convertem em visita obrigatória para todos que visitam Madagascar. Consideramos este Parque Nacional como principal, devido simplesmente à impressionante paisagem que observaremos durante todo nosso trekking. Se trata de um trekking de duração de aproximadamente 5 horas de nível fácil-médio (algumas subidas com muito calor) que podem realizar praticamente todos os viajantes que disponham de uma forma física mínima. Aconselhamos para o banho na piscina natural, trazer roupa de banho, touca, protetor solar, água. Se algum integrante do grupo não desejar ou não puder realizar o trekking no Parque Nacional Isalo, existe a possibilidade de esperar o grupo no hotel.

 

8° Dia - Isalo - Parque Nacional de Zombitse - Tulear

Café da manhã bem cedo e rota até o sul observando pelo caminho as famosas tumbas Mahafaly - tumbas de pedra com estelas funerárias esculpidas com pinturas de animais, casais, cenas da vida cotidiana. Estão quase sempre cobertas de crânios e chifres - e podendo fotografar os primeiros Baobabs do sul malgache antes de Sakaraha. Antes visitaremos o Parque Nacional de Zombitse - realizaremos um pequeno passeio de mais ou menos 1h30 de duração por este parque de vegetação típica do sul da ilha (Baobabs da espécie Adansonia Za) e poderemos observar lêmures da espécie Sifaka (Propithecus Verreauxi), assim como camaleões. Chegada a Tulear e almoço livre (não incluído). Visita ao mercado de conchas e ao mercado de Bazary Be. Alojamento no hotel.

PARQUE NACIONAL DE ZOMBITSE

Fundado em 1997, é um dos parques mais virgens e menos visitados da ilha, onde os viajantes se sentem mergulhados na natureza mais endêmica e selvagem. Além disso, conta com a vantagem que o percurso a pé segue por uma zona praticamente plana, assim está ao alcance de todos os viajantes, seja qual for sua forma física. Em Zombitse pode-se avistar com relativa facilidade lêmures da espécie Sifaka (Propithecus Verreauxi), assim como camaleões (Furcifer Oustaleti) de grande tamanho. Toda a vegetação é endêmica da ilha, destacando os Baobabs (Andansonia Za), orquídeas silvestres, os Pandanus, os espetaculares Ficus e as centenas de espécies de plantas medicinais. Existem ainda numerosas espécies de aves endêmicas, encontrando em Zombitse 47% das aves autóctones da ilha principalmente nos meses de Outubro e Novembro, época mais apropriada para a Observação de Pássaros.

 

9° Dia - Tulear - Antananarivo (voo)

- Voo não incluído.

Café da manhã e, em horário oportuno, traslado ao aeroporto para tomar um voo doméstico com destino à capital Antananarivo. Se o horário do voo permitir, será oferecida uma visita ao mercado de artesanato de La Digue ou ao centro da cidade (sem custo).

 

10° Dia - Antananarivo - (voo) Diego Suarez - As 3 Baías (30km - 1 hora)

-  Voo não incluído.

Café da manhã e traslado ao aeroporto para tomar um voo doméstico com destino à capital do norte da ilha - Diego Suarez. Chegada e acomodação no hotel. Almoço livre (não incluído) de acordo com o horário do voo. Excursão em 4x4 para visitar as 3 Baías (Baía des Sakalava, Baía des Pigeons e Baía des Dunes) e vista panorâmica do famoso Pão de Açúcar, na grande baía de Diego Suarez que com una extensão costeira de 156 Km se posiciona como a segunda maior do mundo atrás apenas da do Rio de Janeiro. Regresso ao Hotel.

DIEGO SUÁREZ

Antsiranana em língua malgache, a capital nortenha deve seu nome a dois grandes marines portugueses, o capitão Diego Diaz e o almirante Fernando Suarez que desembarcaram na ilha a princípios do século XVI. Durante a colonização francesa, Diego Suarez passou a ser uma importante base militar. Hoje em dia é um dos portos pesqueiros mais importantes de Madagascar, uma cidade com encanto próprio. Sua arquitetura colonial podemos observar facilmente ao longo da Rue Colbert, até chegar às ruínas do Hotel La Marina, luxuoso hotel durante a época colonial francesa.

 

11° Dia - Navegação em Veleiro no Mar Esmeralda

Café da manhã e saída até a praia de Ramena de onde começará nossa excursão em veleiro tradicional sakalava para navegar as águas turquesas do Mar Esmeralda até a ilha de Nosy Suárez (aconselhamos trazer uma bolsa impermeável para o material fotográfico e objetos de valor) onde almoçaremos a base de pescados e mariscos, recém capturados por nossos marinheiros das etnias sakalava e antakarana. Tempo livre nas praias de Nosy Suárez e no Mar Esmeralda. Pela tarde regresso a Ramena Beach em veleiro. Regresso ao hotel.

 

12° Dia - Diego Suarez - Tsingys Vermelhos - Parque Nacional da Montanha de Ambre (88km - 3 horas)

Café da manhã e saída bem cedo em veículo 4x4 até os Tsingys Vermelhos de Irodo onde descobriremos uma magnífica paisagem única no mundo. Continuação até o Parque Nacional da Montanha de Ambre para realizar um pequeno passeio de mais ou menos 3 horas de duração), onde observaremos algumas espécies de lêmures endêmicas da ilha assim como um dos bosques subtropicais mais belos do país. Visita à cachoeira sagrada. Almoço pic-nic não incluído (Recomendamos solicitar o pic-nic no hotel na noite anterior). Pela tarde, chegada a Jofreville.

PARQUE NACIONAL MONTANHA DE AMBRE

Criado em 1958, a Montanha de Ambre foi o primeiro parque nacional de Madagascar. Dotado de um microclima especial, este maciço vulcânico de 1475 metros de altitude está coberto por um denso bosque úmido de 18.200 hectares. Um paraíso botânico formado de um grande número de plantas medicinais, samambaias, orquídeas, líquens, palmeiras, o famoso canarium madagascariensis, Ficus e uma fauna única e endêmica da ilha como o menor camaleão do mundo e o menor lêmure da ilha. Um total de 77 espécies de aves, 49 espécies de répteis (camaleões, lagartos), mamíferos (7 espécies de lêmures entre eles o Eulemur Coronatus, o Phaner Electromontis, o Hapalemur Griseus Occidentalis; Fossa, Civettes, Galidiae elegante), insetos e 24 espécies de rãs, constituem a principal atração do parque.

TSINGYS VERMELHOS DE IRODO

Os Tsingys Vermelhos são formações sedimentares compostas de arenito, laterita e material calcário. A deterioração do meio ambiente, as mudanças climáticas e a filtração da água da chuva favorecem a erosão constante, oferecendo esta magnífica paisagem única no mundo.

 

13° Dia - Parque Nacional da Montanha de Ambre - Parque Nacional de Ankarana - Ankify ou Ankarana (273km - 5 horas)

Café da manhã bem cedo e saída em 4x4 até o Parque Nacional do Ankarana, onde realizaremos uma caminhada por trilha de mais ou menos 2h30 para observar uma das paisagens mais belas da ilha, em que nos surpreenderão as famosas formações chamadas Tsingy, pontes suspensas e grutas. Almoço pic-nic não incluído (Recomendamos solicitar o pic-nic no hotel na noite anterior). Continuação até a parte Oeste do parque nacional OU as praias de Ankify entre plantações de canela, cacau, café, ylang-ylang, baunilha (visita será feita de acordo com a disponibilidade hoteleira).

PARQUE NACIONAL DO ANKARANA

Situado a 110 km de Jofreville, o maciço do Ankarana ocupa uma extensão de 18.255 hectares. Descobriremos uma paisagem extraordinária e um bosque tropical seco. Maciço de formação calcária, o Ankarana está povoado de numerosos canyons, grutas, estalactites y estalagmites, rios subterrâneos de 120 km, lagos e um bosque denso povoado de lianas e orquídeas. Poderemos admirar as famosas agulhas calcárias (Tsingy) que se elevam a centenas de metros de altura para descobrir a fauna e flora do parque como o canarium madagascariensis, orquídeas, pandanus, baobab adansonia perrieri, 10 espécies de lêmures, 92 espécies de aves, 14 espécies de morcegos, 60 espécies de répteis e anfíbios.

 

14° Dia - Ankify ou Ankarana - Nosy Be (lancha rápida)

Café da manhã e continuação até Ankify (no caso de alojamento em Ankarana) saída em lancha rápida até a ilha de Nosy Be (navegação de aprox. 45 minutos). De acordo com a maré, a saída será do hotel ou do cais de Ankify (sem assistência de guia, solicitar suplemento). Chegada ao porto de Hell Ville, a capital da Ilha do Perfume e saída ao hotel escolhido. Tarde livre.

NOSY BE, A ILHA DO PERFUME

Situada a 15 km da Grand Terre, Nosy Be e suas ilhas (6 ilhas ao redor de Nosy Be e os arquipélagos de Mitsio a Noroeste e Radama a Sudoeste) formam um complexo de ilhas de águas turquesas, ideais para finalizar nosso circuito.

 

*Os traslados ida/volta do porto e do aeroporto em Nosy Be, são realizados pelo próprio hotel e são em comum com outros clientes.

*Tenha em conta que as praias paradisíacas de águas turquesas e areias brancas estão nos arquipélagos que bordeiam a ilha de Nosy Be, por isso é importante realizar as excursões desde o hotel. Veja sugestões abaixo.

 

Excursões Opcionais RECOMENDADAS (regulares, não incluídas):

 

Excursão à paradisíaca Ilha de Nosy Iranja

Preço: 83 €/pessoa Mínimo 2 pessoas

Saída do hotel: 08h00 / Regresso: 17h00

Excursão em grupo em lancha rápida à paradisíaca ilha de Nosy Iranja, a ilha das tartarugas. Inclui almoço, toalha de praia, água mineral e equipamento de snorkel. Guia falando inglês, francês ou italiano.

 

Excursão às Ilhas de Nosy Komba e Nosy Tanikely (Reserva da Biosfera)

Preço: 72 €/pessoa Mínimo 2 pessoas

Saída do hotel: 08h00 / Regresso: 17h00

Excursão em grupo em lancha rápida às ilhas vizinhas de Nosy Tanikely (Reserva Marinha) e Nosy Komba (a ilha dos lêmures). Inclui almoço, toalha de praia, água mineral e equipamento de snorkel. Guia falando inglês, francês ou italiano.

 

Safari Baleias e Tubarão Baleia

Preço: 82 €/pessoa Mínimo 3 pessoas

Saída do hotel: 08h30 / Regresso: 15h30

Safari em grupo para a avistagem da famosa baleia jubarte que navega as águas do arquipélago de Nosy Be durante os meses de Agosto a fins de Outubro, assim como o tubarão baleia (Outubro, Novembro e Dezembro). Inclui almoço, toalha de praia, água mineral e equipamento de snorkel. Guia falando inglês, francês ou italiano.

                                              

Outras atividades: Pesca, mergulho, cavalgada, Reserva de Lokobe, Tour de Nosy Be em 4x4, Lemurialand. Todas estas excursões podem ser contratadas em PRIVADO com suplemento. Consultar.

 

15° Dia - Nosy Be

Dia livre no hotel escolhido. Possibilidade de realizar atividades marinhas e esportivas, navegar os arquipélagos e fazer excursões.

 

16° Dia - Nosy Be

Dia livre.

 

17° Dia - Nosy Be - Antananarivo (voo)

- Voo não incluído

Café da manhã e, no horário conveniente (de acordo ao horário do seu voo) traslado ao aeroporto de Nosy Be para tomar um voo doméstico com destino à capital - Antananarivo. Chegada a Antananarivo e traslado ao hotel.

 

*Atenção! No caso de reduzir ou acrescentar noites em Nosy Be, será necessário incluir traslado adicional em privativo. Consulte suplemento.

 

18° Dia - Antananarivo - Johannesburg

Café da manhã e visita ao mercado de artesanato de La Digue, a maior feira de artesanato da ilha e um dos maiores mercados da África. Após a visita, continuação até o Aeroporto de Ivato para tomar seu voo com destino a Johannesburg. Necessário apresentar-se com 3 horas de antecedência ao voo.

Chegada em Johannesburg, transfer shuttle oferecido pelo hotel.

 

19° Dia - Johannesburg - São Paulo

Café da manhã no hotel e traslado ao aeroporto de Johannesburg (serviço de shuttle oferecido pelo hotel) para embarque ao país de origem ou extensões.

Valores sujeitos a disponibilidade e confirmação.

Tabela para uso como referência.

Preços em dólares americanos (USD) por pessoa sujeitos a alterações sem aviso prévio.

Preços a partir de:

 

Madagascar

Parques Nacionais e Nosy Be

 

Partidas

 

DBL

 

SGL

 

Opção 1

01/01/2019 a 30/01/2019

3974

4969

01/02/2019 a 30/06/2019

4011

4944

01/07/2019 a 30/11/2019

4042

5002

 

Opção 2

01/01/2019 a 30/01/2019

4115

5310

01/02/2019 a 30/06/2019

4127

5220

 

01/07/2019 a 30/11/2019

4158

5279

 

Hotéis previstos - Opção 1 de preços

Antananarivo

Le Louvre (Superior), Accor Ibis (Standard), Au Bois Vert (Bungalow) ou Palissandre (Standard)

Antsirabe

Royal Palace (Standard), Couleur (Bungalow Standard) ou Plumeria (Standard)

P.N. Ranomafana

Setam Lodge (Bungalow), Centrest (Bungalow Confort Superior) ou Hotel Thermal (Standard)

Fianarantsoa

Villa Sylvestre (Standard), Zomatel (Standard), La Rizière (Standard)

Sahambavy

Lac Hotel (Bungalow Superior Luxe)

P.N. de Isalo

Isalo Rock Lodge (Bungalow)

Tulear

Moringa (Standard)

Diego Suarez (Antsiranana)

Grand Hotel Diego (Standard) ou Allamanda (Premium)

Jofreville (P.N.Montanha de Ambre)

The Litchi Tree Lodge (Standard) ou Nature Lodge (Bungalow)

P.N. de Ankarana

Iharana Bush Camp (Bungalow Cabana)

Ankify

Baobab dAnkify (Bangalow Standard) ou Ankify Lodge (Bungalow Standard)

Nosy Be

Vanila Hotel & Spa (Oceane Superior)

 

Hotéis previstos - Opção 2 de preços

Antananarivo

Le Louvre (Superior), Accor Ibis (Standard), Au Bois Vert (Bungalow) ou Palissandre (Standard)

Antsirabe

Royal Palace (Standard), Couleur (Bungalow Standard) ou Plumeria (Standard)

P.N. Ranomafana

Setam Lodge (Bungalow), Centrest (Bungalow Confort Superior) ou Hotel Thermal (Standard)

Fianarantsoa

Villa Sylvestre (Standard), Zomatel (Standard), La Rizière (Standard)

Sahambavy

Lac Hotel (Bungalow Superior Luxe)

P.N. de Isalo

Isalo Rock Lodge (Bungalow)

Tulear

Moringa (Standard)

Diego Suarez (Antsiranana)

Grand Hotel Diego (Standard) ou Allamanda (Premium)

Jofreville (P.N.Montanha de Ambre)

The Litchi Tree Lodge (Standard) ou Nature Lodge (Bungalow)

P.N. de Ankarana

Iharana Bush Camp (Bungalow Cabana)

Ankify

Baobab dAnkify (Bangalow Standard) ou Ankify Lodge (Bungalow Standard)

Nosy Be

Ravintsara Welness Hotel (Bungalow Standard Jardim)

*Os hotéis previstos para os circuitos são de categoria 2* a 4*, sujeitos a confirmação de acordo com a disponibilidade para o grupo.

Documentação Obrigatória para Embarque:

- Para passageiros brasileiros: Passaporte (com validade mínima de 6 meses). Necessário visto para entrada em Madagascar, que pode ser obtido na chegada ao país (gratuito para estadias de até 1 mês).

- Para passageiros estrangeiros: Passaporte e RNE originais. É de inteira responsabilidade dos passageiros checar com o consulado se o país de destino exige visto de sua nacionalidade.

- Obrigatória a apresentação da Carteira Internacional de Vacinação contra Febre Amarela (tirada pelo menos 10 dias antes da data do embarque). Passageiros isentos da vacina deverão apresentar o Certificado de Isenção de Vacinação emitido pela ANVISA.

- Passageiros devem tomar a dose PADRÃO da vacina. Não será emitido Certificado Internacional de Vacinação, em hipótese alguma, para quem apresentar comprovante de vacinação com etiqueta referente a dose fracionada.

 

Menores de idade viajando acompanhados dos pais:

- Menor viajando com os pais: além do passaporte, deverão estar em posse de sua certidão de nascimento (original ou cópia autenticada).

- Menor viajando com apenas um de seus pais: além do passaporte e da certidão de nascimento (original ou cópia autenticada), deverão apresentar também uma autorização de viagem (original) emitida há menos de 6 meses, com firma reconhecida e a cópia autenticada do RG do pai/mãe que está concedendo a autorização.

- Importante: a autorização de viagem para menor viajando com somente um dos pais ou desacompanhado deve ser bilíngue (inglês e português) e emitida em 3 vias, pois uma será retida pela Polícia Federal na saída do Brasil e a outra deverá ser apresentada na imigração no destino

 

- Consulte as regras vigentes no momento da viagem, pois podem sofrer alterações.

- A documentação para embarque é de exclusiva responsabilidade do passageiro.

 

Observações Importantes Sobre o Pacote e o Destino:

- Para efetuar a reserva e emissão do seguro viagem, solicitamos o envio imediato dos seguintes dados: Nomes completos; datas de nascimento; número e validade do passaporte de cada passageiro; número do CPF de cada passageiro; nacionalidade e telefone de emergência (celular).

- Os transportes no circuito regular permitem o transporte de apenas 01 mala por pessoa.

- A idade mínima para participar dos circuitos regulares é de 14 anos. Nos circuitos privativos é permitido a partir de 7 anos, consulte-nos.

- Os circuitos regulares possuem datas de saída fixas durante o ano, já os circuitos privativos podem sair diariamente durante todo o ano, consulte-nos para valores.

- Roteiro baseado em serviços regulares (compartidos), que poderão sofrer alterações de datas e logística se necessário, para melhor aproveitamento, caso o receptivo julgue necessário.

- Os valores apresentados são especiais para brasileiros. Consulte-nos para tarifas diferenciadas no caso de passageiros estrangeiros.

- O documento informado para solicitação da reserva e emissão passagens deve ser o mesmo apresentado para embarque e utilização dos serviços. Diferenças na documentação podem ocasionar transtornos e prejuízos e que serão de inteira responsabilidade do passageiro.

- Obrigatório o envio dos dados completos dos voos caso sejam emitidos por conta dos passageiros (Código localizador, cia aérea, número do voo, data, horários de saída e de chegada), para agendamento dos traslados.

- Importante: proposta sujeita a disponibilidade e a alterações de preços e condições de pagamento até a efetiva confirmação da reserva.

- IMPORTANTE: A taxa IRRF referente às transações internacionais NÃO está incluída nos valores descritos no site e nos roteiros. A mesma não é isenta. Consulte o valor de acordo com o destino escolhido.

 

Informação importante para qualquer viagem a Madagascar:

Todos os horários informados são aproximados e dependerão muito do tráfego nas rodovias, bem como os eventuais controles de alfândega e paradas técnicas dos viajantes. Esses horários não levam em consideração o tempo de parada para alimentações e visitas turísticas. É imprescindível que o viajante saiba que 80% das etapas deste circuito começam bastante cedo pela manhã (entre 06h00 e 07h00) e chega-se ao lodge antes da caída da noite (entre 17h00 e 18h00). Não se costuma circular pela noite, exceto em etapas que preveem visualização do pôr do sol em algum ponto especial da viagem (Avenida dos Baobabs, Janela de Isalo) ou em etapas nas quais tenha surgido algum contratempo, já que não há boa iluminação nas estradas e nas ruas. Há etapas em que passaremos por povoados, cidades, parques nacionais e reservas, mas há outras em que apenas transitaremos por estradas curvas para deslocarmos de lugar a outro, mas em nenhum caso o país nos deixará indiferentes. A média de velocidade de deslocamento nas estradas de Madagascar é de 50km/hora (no caso de estradas asfaltadas) e de 25 a 30km/hora (no caso de pistas não asfaltadas). É necessário informar também que essas estradas são muito transitadas por caminhões, taxis, muitos veículos, bicicletas e animais, o que pode gerar intenso tráfego. Além disso, nas margens da estrada é onde está instalada boa parte dos povoados, por isso é necessário circular em velocidade reduzida. Nas estradas do Norte da Ilha, avisa-se que as estradas não estão em bom estado de conservação e tem muitos buracos, por isso fazemos essa parte em veículo 4x4 (algumas das pistas de terra do norte da ilha podem ficar impraticáveis em temporada de chuvas, devido aos transbordamentos dos rios que impedem de atravessar a zona do Parque de Ankara Oeste e eventualmente os Tsingy Vermelhos e as 3 Baías). Na rota Tsingys e Baobabs solicitamos a compreensão e paciência dos viajantes, já que se circula longas distâncias em pistas de terra cujo estado pode variar de acordo com as condições climáticas. E também, para chegar aos Tsingys de Bemaraha deveremos atravessar 2 rios em barco, operação que poderá levar mais tempo que o previsto. Agradecemos a compreensão de nossos viajantes.

Formas de Pagamento - Parte Terrestre:

- Em até 10 vezes, sendo: 30% de entrada + taxas de embarque (à vista), e saldo em 9 vezes sem juros em cheques ou cartão de crédito (Visa, Mastercard ou Diners). Cartão Amex 30% de entrada + taxas de embarque (à vista), e saldo em 3 vezes.

- Parcela mínima R$ 500,00.

- À vista (depósito) desconto de 5%.

- A cotação do dólar será atualizada ao dia do pagamento do pacote de viagem.

 

Pagamentos feitos há menos de 60 dias do embarque:

- Em até 6 vezes, sendo: 30% de entrada + taxas de embarque (à vista), e saldo em 5 vezes sem juros em cheques ou cartão de crédito (Visa, Mastercard ou Diners). Cartão Amex 30% de entrada + taxas de embarque (à vista), e saldo em 3 vezes.

 

Formas de Pagamento - Parte Aérea:          

- Consulte-nos sobre condições das cias. aéreas.

 

Políticas de Alterações e Cancelamentos:   

Caso o passageiro deseje alterar ou cancelar uma reserva, serão cobrados:

- A qualquer momento: Taxa administrativa - 5%.

- A qualquer momento: Taxa de reserva de € 35 por pessoa.

- Parte terrestre: Cancelamento até 60 dias antes do embarque - 20%.

- Parte terrestre: Cancelamento de 59 a 45 dias antes do embarque - 40%.

- Parte terrestre: Cancelamento de 44 a 30 dias antes do embarque - 50%

- Parte terrestre: Cancelamento de 29 a 15 dias antes do embarque - 75%.

- Parte terrestre: Cancelamento com menos de 15 dias do embarque - 100% do total.

- Parte aérea: Qualquer penalidade que seja cobrada pelas Cias Aéreas. Voos internos emitidos pelo receptivo não são reembolsáveis.

- Importante: No caso da hotelaria, cada hotel pode aplicar suas próprias políticas, podendo variar principalmente em feriados.